A maior certificadora no segmento saúde da América Latina.
A maior certificadora no segmento saúde da América Latina.
Conteúdo Exclusivo
 
 

IQG » Ética Organizacional

Política de Ética e Conduta Organizacional

Introdução

O Código de Ética e Conduta do IQG reflete o compromisso de alcançar os objetivos empresariais com responsabilidade social, valorizando seu relacionamento com acionistas, colaboradores e clientes. Contribuindo para o desenvolvimento das instituições em que estamos inseridos.

O Código é baseado nos valores da instituição e nos seus princípios, e sustenta a busca pelas boas práticas de governança corporativa e contábeis, por uma comunicação transparente, objetiva e tempestiva, e por ações e decisões sempre realizadas com responsabilidade, qualidade, honestidade, confiança, respeito e lealdade.

É dever de todos os integrantes do Instituto cumprir e fazer cumprir as disposições deste Código, ficando atribuído aos líderes o dever adicional de divulgar e assegurar o cumprimento do referido documento em suas respectivas áreas de trabalho.

Assim sendo, entende-se que condutas que possam caracterizar infração a qualquer dos princípios deste Código, bem como aquelas em desconformidade com leis e padrões éticos da sociedade em geral, serão consideradas faltas graves.

Com o objetivo de zelar pelo compromisso e aplicação do Código, o Instituto dispõe do Comitê de Ética e Conduta.

Este Código é válido por tempo indeterminado. Deve ser distribuído a todos os integrantes do nosso Instituto, que não poderão alegar, em qualquer hipótese ou sob qualquer argumento, desconhecimento das diretrizes e princípios nele constantes. Os parceiros, fornecedores, clientes, acionistas, comunidade e investidores também poderão acessá-lo via website (www.iqg.com.br).

Nosso Código de Conduta é uma das expressões desse nosso compromisso com a ética e transparência. Ele apresenta os princípios e valores que devem reger as atividades do IQG e de todos os seus profissionais/colaboradores.

Estamos certos de que a leitura deste Código e a sua aplicação contribuirão para assegurar a todos nós um ambiente de trabalho saudável, digno e realizador, e para que nossa empresa cumpra da melhor maneira seu papel na sociedade.

  

Dr. Rubens José Covello

 

Objetivos do Código de Ética e Conduta

O Código de Conduta Empresarial IQG foi preparado com os seguintes objetivos:

Deixar claros os valores institucionais, para que todos os profissionais possam compreendê-los, respeitá-los e praticá-los.

Servir de referência individual e coletiva para as atitudes e o comportamento de cada profissional.

Contribuir para que esses valores sejam respeitados em toda a empresa e seus profissionais ajam de maneira correta, justa, respeitosa em relação ao mercado e aos clientes e colegas. 

Solidificar os valores da empresa por meio de sua prática permanente.

 

A quem este Código se aplica

O Código de Conduta Empresarial se aplica a todos os profissionais que trabalham no IQG e deve regular os relacionamentos que esses profissionais mantêm dentro e fora das empresas: com os profissionais das instituições clientes; parceiros, colegas e concorrentes; com o poder público, em todos os níveis; com a comunidade local e com a sociedade em geral.

 

O Compromisso

O IQG considera importante o papel da imprensa e outros órgãos de comunicação na formação da imagem da organização perante a opinião pública e procura fornecer informações ou atender às solicitações, quando são pertinentes, considerando o direito de não se manifestar em questões que contrariem seus interesses ou de manter sigilo absoluto sobre informações consideradas estratégicas e de propriedade dos clientes.

 

Condutas da Empresa

1.1 Com seus integrantes e administradores

As inovações desenvolvidas pelos profissionais por meio de seu trabalho no IQG e os direitos de propriedade decorrentes das mesmas são incorporadas aos ativos da organização e com ela permanecem mesmo após o desligamento do profissional.

Os papéis de trabalho, os relatórios, as correspondências e outros documentos usados na atividade de cada profissional são de propriedade do IQG e não podem ser levados ou copiados, quando ocorrer o desligamento do profissional.

a) Nenhuma forma de discriminação é tolerável, seja por religião, convicção filosófica ou política, nacionalidade, situação econômica familiar, origem, sexo, cor, etnia, idade, estado obstétrico, preferência sexual, biótipo, estado de saúde ou estado civil.

b) É terminantemente proibido qualquer tipo de assédio no âmbito da Empresa, principalmente os de natureza moral e sexual, envolvendo qualquer conduta verbal ou física de humilhação, coação ou ameaça aos integrantes da Empresa, ou de criação de ambiente profissional hostil que, injustificadamente, interfira no desempenho individual ou afete as condições de trabalho do envolvido.

c) É inaceitável a ocorrência de qualquer forma de protecionismo ou privilégio na relação entre líder e liderados.

d) A privacidade e confidencialidade das informações pessoais devem ser respeitadas.

e) O Instituto deve proporcionar obrigatoriamente um ambiente e condições de trabalho seguros e saudáveis.

f) A prevenção, especialmente no que tange à saúde e a condições seguras de trabalho, deve prevalecer sobre as ações corretivas.

g) Convites para eventos, viagens e outros devem ser comunicados a superintendência para avaliação e aprovação.

h) A aprovação de despesas de cada profissional quando em visita de campo deve ser feita pela Diretoria que estiver ligado.

i) Se o avaliador ou colaborador for procurado para dar informações, escrever artigos, entrevistas ou dar declarações em nome do IQG a algum veículo de comunicação, o mesmo deverá informar sua Diretoria antes de qualquer manifestação.

 

1.2 Com seus acionistas e o mercado em geral

a) O relacionamento da Empresa com seus acionistas e investidores deve se basear nas normas vigentes e na comunicação precisa, transparente e tempestiva de informações que lhes permitam acompanhar as atividades e avaliar seu desempenho e potencial.

b) A Empresa deve gerar e manter seus registros e informações contábeis em rigorosa consistência com a legislação, normas e melhores práticas existentes, permitindo uma base confiável de avaliação e divulgação de suas operações.

 

1.3 Com seus clientes, fornecedores, parceiros e Governo

a) A Empresa deve sempre conduzir suas negociações com honestidade e ética, tanto com clientes quanto parceiros e Governo.

b) As decisões de parcerias devem se nortear por critérios objetivos que abranjam todos os aspectos fundamentais da seleção, dentre eles, conformidade técnica, desempenho, qualidade, credibilidade no mercado e o que mais for relevante em cada caso.

c) A Empresa não deve adotar ações que possam denegrir a imagem de seus clientes, fornecedores, parceiros e Governos.

d) A Empresa deve adotar, em suas interações e práticas comerciais, em quaisquer situações, os mais elevados padrões éticos e de integridade nos negócios, o que inclui cumprir plenamente a legislação aplicável e os princípios e valores da Empresa, bem como suas políticas e procedimentos aplicáveis.

e) As relações da Empresa com governantes, autoridades públicas ou partidos políticos devem ser baseadas na transparência, na honestidade e na ética, de forma a assegurar relacionamentos íntegros e sustentáveis com as autoridades nas esferas municipal, estadual (regional) e federal (nacional) dos diversos países, sempre respeitando as leis vigentes.

 

1.4 Com seus concorrentes

a) Não é admissível o uso de métodos ilegais ou antiéticos para a obtenção de informações sobre concorrentes, como segredos de negócios, indução à divulgação de informações confidenciais por parte de seus colaboradores ou furto de informações sigilosas e confidenciais, dentre outros.

b) A Empresa não deve adotar ações que possam prejudicar a imagem de seus concorrentes, bem como de seus produtos e serviços.

c) O IQG respeita seus concorrentes e busca superá-los de maneira saudável, oferecendo os melhores serviços. Não se admitem, por parte dos colaboradores, quaisquer atitudes que possam configurar calúnia ou difamação dos concorrentes.

 

1.5 Quanto a conflito de interesses

a) Os integrantes da Empresa têm o dever de lealdade perante a mesma, devendo defender os legítimos interesses desta sempre que necessário, fundamentando seu comportamento em atitudes que não coloquem em risco a imagem e a segurança financeira e patrimonial do IQG.

b) Os interesses privados dos integrantes da Empresa não devem interferir nos interesses do IQG. Nesse sentido, deverão ser evitadas todas e quaisquer relações que apresentem ou pareçam apresentar conflito de interesses entre a Empresa e os seus integrantes, inclusive conflitos que envolvam seus familiares ou pessoas do seu relacionamento próximo, tanto profissional quanto pessoal.

c) Os integrantes da Empresa não podem ter interesses econômicos ou financeiros em concorrente ou cliente, na medida em que tal interesse possa influenciar ou parecer influenciar suas ações efetuadas em nome do IQG.

d) Ocorrendo uma situação que represente ou possa representar conflito de interesses ou situação em que não seja possível evitar tal conflito, o integrante da Empresa envolvido deve levar o assunto formalmente ao seu líder imediato, relatando integralmente por escrito todas as circunstâncias relacionadas ao caso.

e) É proibido a colaboradores do IQG solicitar presentes, cortesias ou quaisquer outras vantagens, tanto em benefício próprio quanto de familiares ou pessoas de seu relacionamento próximo, quer profissional, quer pessoal.

f) Os integrantes da Empresa, exceto quando claramente não represente um conflito de interesses, não podem trabalhar para ou receber remuneração por serviços prestados a qualquer concorrente ou cliente.

g) É vedada a execução de trabalhos que não sejam relacionados às atividades da Empresa, caracterizados como trabalhos estranhos, sendo vedada também a venda de  serviço de qualquer tipo nas instalações da Empresa, independentemente de ser durante ou fora dos horários de expediente normal de trabalho. É vedada a venda de serviços de consultoria ao escopo praticado pelo Instituto.

h) Não é permitido utilizar bens da Empresa, como telefones, aparelhos diversos, materiais ou informações de sua propriedade, para trabalhos estranhos às atividades desenvolvidas pelo IQG.

 

1.6 Brindes e presentes

a) É vedado o recebimento de brindes, favores ou quaisquer coisas de valor ou utilidade que possam gerar até mesmo a mera aparência de impropriedade de conduta ou potencial impacto em decisões de negócios da Empresa. O recebimento, por qualquer integrante da Empresa, de dinheiro, quaisquer outros bens ou serviços oferecidos por terceiros,  em qualquer contexto relacionado, direta ou indiretamente, à sua atividade na Empresa é terminantemente proibido, independentemente do valor envolvido.

b) É vedada a concessão de brindes, favores ou coisas de valor ou utilidade a potenciais empresas clientes e seus integrantes, exceto no caso de itens promocionais.

c) É expressamente vedado a todos os integrantes da Empresa, com o intuito de obter benefício para si ou para a Empresa, oferecer ou prometer, diretamente ou por meio de terceiros, pagamentos, presentes ou benefícios a qualquer instituição.

e) A vedação estabelecida no item c) acima não se aplica aos custos e despesas diretamente incorridos em razão da efetiva prestação dos serviços, os quais poderão ser custeados pelo cliente, sem que se configure violação a este Código.

f) Doações e Patrocínios são permitidos, desde que feitos em observância ao procedimento interno, ao Estatuto Social e à legislação em vigor.

 

1.7 Quanto à corrupção e a outros delitos

a) A Empresa tem o firme compromisso de cumprir rigorosamente a legislação aplicável à sua atuação e à condução dos seus negócios, e seus integrantes devem cumprir fielmente tal compromisso.

b) A Empresa não aceitará a prática de qualquer ato que configure ou possa configurar delito empresarial ou que coloque em risco a imagem ou a conduta da Empresa.

c) Toda a legislação relativa aos temas tratados neste item deverá ser plenamente cumprida pela Empresa e seus integrantes, notadamente a legislação nacional ou internacional aplicável, que trate de qualquer forma de suborno, oferecimento ou recebimento de bens, valores, favores ou vantagens indevidas, prevenção e combate à concorrência desleal e a outras práticas comerciais indevidas.

 

2. Conduta dos Integrantes

As atitudes e condutas dos colaboradores e administradores deverão respeitar as normas da Empresa, bem como as condutas empresariais estabelecidas neste Código.

 

2.1 Informações privilegiadas

É terminantemente proibido que as informações da Empresa, que não sejam de domínio público, sejam divulgadas por seus integrantes, o mesmo se aplicando em relação às informações relativas a seus clientes.

 

2.2  Meio ambiente, saúde e segurança

Os integrantes da Empresa devem zelar pelo meio ambiente, por sua saúde pessoal e a de seus colegas de trabalho, e pelo ambiente de trabalho, eliminando eventuais atos inseguros na execução de suas tarefas e atribuições.

 

2.3 Recursos da Empresa

Os integrantes da Empresa devem zelar pela boa alocação e uso de bens e instalações do IQG, tais como equipamentos, provisões, imóveis, sistemas, softwares dentre outros. Tais bens e instalações, bem como recursos financeiros de qualquer natureza, dados e informações, devem ser utilizados em benefício exclusivo da Empresa.

 

2.4 Conflito de interesses

a) Os integrantes da Empresa que, porventura, tenham familiares ou pessoas do seu relacionamento próximo, tanto profissional quanto pessoal, trabalhando em negócios que têm por objetivo prestar serviços ou fornecer bens para a Empresa não podem usar de sua influência pessoal no andamento de negociações, decisão de escolha ou fechamento de negócios.

b) É vedado aos integrantes da Empresa o exercício de atividades externas, remuneradas ou não, que possam caracterizar conflito de interesses com os negócios da Empresa ou utilização indevida de informações, tecnologias, conhecimentos ou quaisquer outros meios, tangíveis ou intangíveis, que sejam de propriedade da Empresa.

 

2.5 Relações com concorrentes

Não é permitido discutir ou dialogar com concorrentes sobre informações privadas relativas a vantagens competitivas, como política de preços, termos de contratos, custos, mercado e planos de produto, pesquisas de mercado ou assemelhados, em particular que possam caracterizar violação dos princípios de livre concorrência ou reserva de mercado.

 

2.6 Política e religião

As dependências da Empresa constituem o local de trabalho de todos os colaboradores, das mais variadas e diversas culturas religiosas e políticas, fazendo com que todas e quaisquer manifestações de cunho religioso ou político devam ser, por princípio, evitadas.

 

3. Meios de Comunicação

A Empresa dispõe de um Portal de Ética que concentra diversas informações sobre ética e um espaço para se encaminhar perguntas diretamente ao Comitê de Ética.

Na ocorrência de descumprimento aos termos descritos neste Código, a IQG possui um mecanismo confidencial, seguro e anônimo (Canal de Práticas Danosas) que possibilita a qualquer pessoa informar tal descumprimento ou eventual distorção percebida no que tange ao disposto no Código.

O Canal de Práticas Danosas está disponível em três formas distintas: via intranet, via website e via correio, Rua Nelson Gama de Oliveira 311 - Décimo andar, CEP 05734-150, Bairro Morumbi, São Paulo - SP, Brasil.

Todas as denúncias de violação deste Código são automaticamente dirigidas para a Assessoria Jurídica externa, qualificada e independente, para classificação preliminar e posterior encaminhamento ao Comitê de Ética, que tem o dever de analisar e recomendar as respectivas ações corretivas e tomar as medidas cabíveis.

 

4. Dúvidas e Omissões

As diretrizes do Código de Ética e Conduta do IQG permitem avaliar grande parte das situações e minimizar a subjetividade das interpretações sobre princípios éticos e de conduta, mas não detalham, necessariamente, todas as situações que podem surgir no cotidiano de cada integrante da Empresa.

Assim, em caso de dúvida na aplicação das diretrizes deste Código em determinadas situações, o líder imediato deverá ser previamente consultado.

 

Responsabilidade pelo Código de Ética e Conduta

A responsabilidade geral pelo Código de Ética e Conduta é da Comissão de Ética, assessora da Superintendência.

 

Lideranças 

Cada líder é um representante do grupo em relação aos profissionais que lidera e tem obrigação de:

  • Conhecer detalhadamente o Código, de modo a esclarecer as dúvidas de sua equipe. Não sendo possível isso, deve encaminhar as questões à Comissão de Ética;
  • Conhecer detalhadamente as normas que regem as metodologias aplicadas, sendo elas nacionais ou internacionais, de acreditação ou distinção.
  • Adotar comportamentos e atitudes que correspondam ao estabelecido no Código, de modo a servir de exemplo;
  • Divulgar os valores do IQG e as definições do Código para sua equipe, seus parceiros, clientes e outros segmentos sociais com quem mantém contato, orientando-os sobre os procedimentos previstos;
  • Identificar infrações ao Código e atuar de modo a corrigi-las e eliminá-las, levando os casos ao conhecimento do Comitê de Ética para informação e eventuais ações adicionais.

 

Responsabilidade Individual

Cada profissional deve zelar pelo cumprimento do Código de Conduta Empresarial e informar seu superior imediato, quando souber de alguma violação às normas. Ninguém será punido ou retaliado por informações de boa fé sobre suspeitas de um comportamento inadequado ou que seja contrário ao Código.

Todo o comportamento inadequado tem suas denúncias automaticamente dirigidas para a Assessoria Jurídica externa, para classificação preliminar e posterior encaminhamento ao Comitê de Ética, que tem o dever de analisar e recomendar as respectivas ações corretivas e tomar as medidas cabíveis.

As medidas definidas pelo Comitê de Ética e Conduta devem obrigatoriamente ser aplicadas pela Superintendencia e suas Diretorias.

 

Elaborado por:  Mara Machado    Aprovado por: Rubens Covello    Última Revisão: Agosto/2014

 

 

Rua Nelson Gama de Oliveira, 311 - 10° andar
CEP 05734-150 - São Paulo/SP - Brasil
+55 (11) 3772-2098 - 3772-2478

Facebook

Busca no site

Receba nossas Newsletters

Nome
E-mail

Conheça nossos parceiros: PBSP | CPSI | IHI | ISQua | AHESP | FBH | ONA | ACI | SBHCI | ANAHP

Última atualização realizada em 22/06/2017 às 14:24:00.